suspiros

Valeu a pena?

12819288_1041991139192916_5109629800783299190_o.jpg

Sim,  já vi Saturno! De um telescópio em Jericoacoara, coisa mais linda, deu para ver direitinho os anéis minúsculo, e eu colocava o olho no trocinho para ver,tirava para olhar as estrelas, e pensava na insignificância do meu tamanho diante de poder ver um planeta imenso de tão, tão distante…deve ter sido Saturno que me fez voltar a escrever, disseram que hoje começa sua Era.

Não achava que alguém ainda me lia aqui, até que dias atrás eis que me perguntam no face se o Suspiros e Devaneios era meu. Uau! Sim, senhor, apesar de dever atualizações ele é meu desde os tempos que blog ainda não era modinha, completou 9 aninhos que resolvi tirar da minha mente os textos que escrevia ao vento e os que colocava no papel eram levados pelo tempo.

Pedro faz engenharia elétrica na UFCG, e me fez uma pergunta complexa de se responder com uma simples frase, então desculpa a demora da resposta mas vamos lá…se estou totalmente realizada mesmo, ele ainda está no começo do curso e tem dúvida se realmente vale a pena.

Flashback: me vejo agora na sétima série a primeira vez que aprendi equações do primeiro grau, fiquei encantada, acho que resolvo de cabeça!Veio a oitava e a tal da física, virou paixão( vai doida)! Chego no terceiro ano e conheço a eletricidade, eureca!Vou no oráculo e descubro a UFCG, uma das melhores universidades do Brasil, é essa!!Passei, lá fui eu de mala e cuia para um outro estado sem conhecer ninguém, quase mil km de distância da família. Teorema fundamental de cálculo, limites…gente eu achei que era boa de matemática, que é isso, e tome fumo!!!Cadê a paixão??Ainda tava lá, por incrível que pareça minha mente relaxa bem mais fazendo conta. Muito você vai precisar, de motivação, meu jovem padwan. É um curso difícil, muito difícil, não dá para empurrar com a barriga, se quiser empurrar vai passar a vida lá, ou senta e estuda, ou não se forma( sou uma das entre os 5 dos guerreiros do meu período que se formaram nos 5 anos), os leites( meu sonho saber se meus leites ainda existem pela UFCG) ajudam e os amigos são muito importante, café e HP são salvação.

Entrei querendo fazer telecomunicações(inocente), até descobrir o que era realmente e mudar para lindeza de potência, primeira vez que entrei em uma subestação foi na visita técnica da disciplina de equipamentos elétricos, brilhinho nos olhos, sinos tocando!No meu TCC quis fechar com chave de ouro e planejei o semestre inteiro, pesquisei o assunto e escolhi escrever sobre HVDC(flashforward?)!Resolvi que queria voltar para Bahia, sempre gostei de ensinar, me inscrevi no mestrado na UFBA, e num é que passei!Durante o mestrado recebi a proposta de gerenciar a montagem de uma das maiores subestações do Brasil, adivinha o que?HVDC!!!!!Onde?Porto Velho, Rondônia, lá no meio da Floresta Amazônica. Nunca tinha trabalhado na vida, e com a cara e a coragem descobri outra paixão, a construção! Trabalhei com pessoas do mundo inteiro, certo dia o mestre Jedi da ABB pediu para que enviasse meu TCC para ele ler, a emoção que senti quando ele disse que foi o site manager de um dos estudos de caso, foi mais um daqueles é tem valido a pena.

Peguei gosto por obra e cai a rodar por esse Brasilzão lindo, depois da empreiteira fui para uma espanhola referência no mercado de Linhas e Subestações ser a primeira coordenadora de subestações da empresa, fui até parar no Chile( mais uma do valeu a pena)!Pena que a empresa quebrou, mas olha o destino de novo, nem respirei já entrei em outra grande empresa espanhola do ramo e adivinha onde eram as obras?Bahiiiaaaaa, 10 anos depois de sair da minha terra, voltei!!!E estou aqui até hoje! Agora, mais importante do que saber se para mim valeu a pena é, agora eu te pergunto, porque você escolheu fazer elétrica?

Costumo dizer que minha vida foi dividida certinha cronologicamente, cada etapa  vivi intensamente, nem me atrasei, nem adiantei, vivi o momento, escutei a voz do coração, quando quis fazer elétrica, fui lá e fiz, quando quis fazer mestrado fui lá e passei, quando quis trabalhar em obra fui lá e construí…olhar para trás e ver por tudo que passei…não é meu carro, não é meu salário, não é meu cargo!O que faz valer a pena para mim é ser feliz em cada etapa, ir lisa para o Parque do Povo, voltar beba e com troco para casa, ter conhecido o mestre Jedi do HVDC, quebrar o tabu que mulheres também podem ser chefes de obra…principalmente se ouvir, escutar o que o coração quer sentir, eu e toda minha racionalidade em focar na minha carreira profissional no fundo, no fundo sempre ouvi meu coração!E o clichê de nunca, nunca deixar de sonhar, de querer algo mais…a vida é curta para ser pequena!!Hoje eu quero…sabe a listinha…

…ao som de Sigur Rós!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s