…Pre+conceito!

Quando era menor, lá pra quinta ou sexta série detestava política, achava que Jornal Nacional era inútil e devia ser substituído por desenho animado, muito mais interessante.

O tempo foi passando, ainda continuo pequena não virei uma crítica renomada mas, no decorrer da minha caminhada, dos conhecimentos adquiridos, e das experiências vividas seria classificada hoje como uma das pessoas que achava chata quando era criança porque não me deixava assistir desenho na hora do jornal.

Sempre levantei a bandeira de que a base principal para se construir algo seja uma consciência crítica, opinião, tecnologia, ciência entre tantos outros é o conhecimento, informação. Quando se conhece algo domina tal assunto, você tem capacidade de opinar sobre o mesmo e empiricamente julgar para si dentro do que tem como certo ou errado.

Hoje, não existe mais essa desculpa da falta de acesso a informação com o advento da internet temos um mundo sem precisar sair de casa, se eu quiser aprender sobre sei lá, uva, em alguns minutos  já vou ter plantado uma videira, do tipo Dolcetto, da família Vitis Vinifera, colhido e produzido um vinho seco de baixa acidez para tomarmos enquanto conversamos sobre política.

Acho a epistemologia uma das teorias mais complexas, cada um define para si suas devidas prioridades de acordo com o meio em que vive, e com seus próprios pensamentos  formula os seus certos e errados.

Todos temos uma consciência coletiva como sociedade em geral no que diz respeito a preservação do homem, como matar é errado, estuprar, entre outros. E temos também no que se refere  a cultura local como crenças, língua, hábitos, etc, ao juntar toda essa gama de valores é que se forma a personalidade e a opinião de cada um.

E com tantas especificidades, diferenças, o que pode ser certo pra mim pode ser errado pra você ou vice-versa. Uma pessoa que vem de uma família evangélica tem muitas chances de tomar aquilo como verdade no decorrer da sua vida devido ao meio em que vive caso não se dê a oportunidade de também conhecer outras opiniões, se ele decidir fazer sei lá filosofia e conhecer Nietzsche e seu super-homem, Voltaire, o racionalismo de Kant entre tantos e tantos filósofos.Existe uma grande possibilidade de mudar de valores que antes tinha como certo, ou não. Mas o ponto chave em questão é se dar a oportunidade de conhecer, abrir a mente pra mais de um caminho.

Uma coisa que aprendi desde pequena e faço das palavras de Voltaire as minhas:

Posso não concordar com uma só palavra do que dizeis, mas defenderei até a morte vosso direito de dizê-lo.

A internet, os livros, filmes, revistas  aprende-se  muito mas, de nada adianta se você não atrelar isso a vivências, uma boa construção de opinião correlaciona empirismo e conhecimento.

Sim mas, o que isso tudo tem a ver com política mesmo?

Como afirmei dou a minha opinião de acordo com os meus conhecimentos, e  experiências vividas até este momento. Acho que ainda tenho pouca bagagem pra opinar quanto a algo mas, mesmo sendo pequena pelo menos tenho uma própria, e estou sempre aberta a novos conhecimentos, se uma coisa que tenho e muito é sede de saber.

Meus pais vêm de família humilde e desde pequena me ensinaram muito sobre valorizar o trabalho, e as oportunidades que temos. Nas viagens que fiz com meu pai pelos cantos mais remotos da Bahia, tive o prazer de conhecer grandes pessoas que me ensinaram muito, sobre valores como respeito aos mais velhos e ao próximo, valorizar as pequenas e simples coisas da vida, a importância imensa da família, a dar valor ao trabalho, a superar as mais difíceis adversidades, saber conviver com as diferenças e isso tudo  sem ter um diploma, sem nem se quer ter feito o ensino médio.Sou muito grata por  ter as oportunidades que tenho, e saber aproveita-las.Valorize o que você tem.

Pessoas de coração bom, que dependem de chuva pra se alimentar, que tem como prioridade matar a fome, cujo objetivo é  trabalhar pra ter o pão de cada dia, que sonha ver o filho doutor, mas  a chuva não veio e o filho teve que ir em busca de trabalho pra ajudar em casa.

Sou contra a dar o peixe, prefiro que ensinem a pescar mas é complicado ensinar a pescar a alguém que não tem forças pra segurar a vara de pesca por causa da fome. Só quem sente na pele, ou melhor, na barriga é que sabe a diferença de 10,20 reais não, centavos.

Se ela suprir essa necessidade básica do ser humano que é se alimentar então da possibilidade de mandar o filho pra escola e ter quem sabe um futuro diferente. A economia local se movimenta, o mercadinho do seu João cresce a padaria da dona Maria também.

Quem realmente precisa, é que sabe valorizar isso, e infelizmente não são poucas pessoas, nosso país tem muito o que consertar ainda, é árduo o caminho para atingir o tão almejado status de desenvolvido.

Em cada degrau dessa escalada acho que deve sempre prevalecer a difusão de conhecimento, escolas, bibliotecas, acesso a informação, televisão não é único meio de informação pelo contrário é um limitador. Não se pode criar uma opinião formada a partir de somente um meio, como disse anteriormente devemos abrir nossa mente.

O crescimento de um país se da com pesquisa, universidades, tecnologia, e a base disso tudo é aquela escolinha lá no interior. Sou completamente a favor de filho de político estudar em escola pública.

Essa  longa premissa, partiu de uma conversa  sobre o bafafa do #nordestito no twitter , com meu amigo Aurélio  e ele me mostrou logo de cara  o significado da palavra Preconceito:

1. Conceito ou opinião formados antecipadamente, sem maior ponderação ou conhecimento dos fatos; idéia preconcebida.

2. Julgamento ou opinião formada sem se levar em conta o fato que os conteste; prejuízo.

3. P. ext.  Superstição, crendice; prejuízo.

4. P. ext.  Suspeita, intolerância, ódio irracional ou aversão a outras raças, credos, religiões, etc.: 2

 

É o velho ciclo em torno do mesmo ponto, conhecimento. Já parou pra ler a história de Luiz Inácio Lula da Silva? Ele também fez parte daquelas pessoas que eu disse anteriormente. Tive o imenso prazer de ver pessoalmente a sua eloqüência fantástica no discurso do mesmo na abertura do Congresso Mundial de engenharia em Brasília.

Se cada um saísse do seu mundinho particular, principalmente esses filhinhos e filhinhas de papai em qualquer um dos estados do Brasil, e que a vida não é só dinheiro, festinhas, ou seu próprio umbigo. Que se desse a oportunidade de abrir a mente para o imenso país que os cerca cheio de riqueza nos mais diversos âmbitos, cultural, natural, de um povo trabalhador .

Isso é preconceito, não ter conhecimento de algo , se você não sabe o que se passa ao seu redor de fato nos mais diversos ângulos, você é um ignorante mesmo estudando na escola mais cara da sua cidade.

Faço uso de mais uma celebre frase:

“O preconceito é o filho da ignorância.” (William Hazlitt)

Vamos protestar com opiniões fundadas em conhecimento válido, faça um favor para o país estude, viva, abra sua mente para o mundo ao seu redor. Eleger um palhaço e junto com ele pessoas que não tem a mínima bagagem de como governar, de liderança, é a maior prova de que precisamos sanar esse mal que é a falta de consciência crítica.

Eu tenho orgulho de fazer parte de um país com uma diversidade cultural imensa, de lugares tão belos, de um povo acolhedor, de poder crescer junto com ele, e contribuir de alguma forma pra isso, eu tenho orgulho de ser brasileira.

 

…ao som de Frank Sinatra!

 

Uma resposta to “…Pre+conceito!”

  1. Eu voto em você… rsrsrs

    Parabéns pelo textos.

    Fiquei indignada quando soube o que estava rolando no Twitter… o engraçado que acho é que moral tem aqueles que elegeram o Tiririca pra criticar quem votou na Dilma?! Meio contraditório…

    Eu, por ser nordestina e ter orgulho de ser… não o troco jamais.

    Bjs e até o próximo post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: